Preços do arábica e robusta oscilam nos últimos dias de março, avalia Cepea

Imprimir
Os preços dos cafés arábica e robusta apresentaram forte oscilação nos últimos dias. No início da semana, as cotações foram impulsionadas pelo avanço dos valores externos de ambas as variedades e do dólar frente ao Real.

Além disso, vendedores consultados pelo Cepea estiveram retraídos, o que também manteve o cenário de baixa liquidez. Vale apontar que, no cenário externo, as cotações foram influenciadas por preocupações quanto à menor oferta no curto prazo.

Além disso, existe certo receio no mercado que as medidas adotadas por governos para conter o avanço do coronavírus possa dificultar a logística no País e, consequentemente, limitar as exportações.

Para o arábica, as novas quedas nos estoques certificados pela Bolsa também influenciaram as altas internacionais. No Brasil, o Indicador CEPEA/ESALQ do café tipo 6, bebida dura para melhor, posto na capital paulista, fechou a R$ 581,56/sc nessa terça-feira, 31, leve queda de 0,2% em relação à terça anterior, 24.

Para o robusta, o Indicador CEPEA/ESALQ do robusta tipo 6 peneira 13 fechou a R$ 327,02/sc de 60 kg na terça-feira, 1,5% inferior ao do dia 24.

Fonte: Cepea

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *