Preço do café recua no Vietnã por amplos estoques; negócios são lentos

Imprimir

O preços do café do Vietnã ficaram cerca de 4 por cento menores nesta terça-feira ante a semana anterior, pressionados por amplos estoques, com os produtores evitando fechar negócios e atrasando as exportações, disseram operadores.

Maiores exportações do Vietnã no mês passado mantiveram pressionados os preços do robusta negociado em Londres LRCc2 , enquanto os produtores, hesitando em vender a preços baixos, causaram uma corrida por parte de alguns exportadores com compromissos de entrega.

"Tem havido algumas compras, pois várias empresas precisam cobrir seus vendidos, mas as atividades gerais do mercado estão em baixa", disse um operador em uma trading estrangeira na cidade de Ho Chi Minh.

O robusta caiu para a faixa de 37.000-38.500 dong (entre 1,76 e 1,83 dólar) por kg nesta terça-feira em Daklak, principal província produtora do país, ante 38.700-40.200 dong na semana passada.

As exportações de café do Vietnã subiram 5,3 por cento em maio ante abril, para 116.700 toneladas, ou 1,94 milhão de sacas de 60 kg, segundo dados alfandegários, ligeiramente acima das expectativas.

Operadores disseram que os produtores estão prendendo seus estoques após uma queda dos preços domésticos para mínimas de vários meses na semana passada.

Os prêmios do café do Vietnã ante o contrato setembro de Londres se estreitaram para entre 90 e 100 dólares por tonelada, ante de 70 a 110 dólares na última terça-feira.

Fonte: Reuters

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *