Prazo para certificação de armazéns é ampliado

Imprimir

        O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) prorrogou o prazo para que os armazéns gerais obtenham a certificação, inicialmente a data final era 31/12/2009. Para atender à Instrução Normativa 33 os armazéns precisam fazer várias adaptações de climatização, disposição de materiais, capacitação de profissionais e cumprir alguns requisitos. A obrigatoriedade é para aqueles que prestam serviço remunerado de armazenagem de grãos e fibras.
        Com a prorrogação as unidades armazenadoras têm prazos escalonados para as adaptações físicas e tecnológicas. Precisam cumprir 25% ao ano até dezembro de 2013. Porém, deve ser apresentado o Plano de Implementação de Certificação com o cronograma. De acordo com o MAPA, a flexibilidade do prazo foi estabelecida após a identificação de dificuldades enfrentadas pelos armazenadores.
        O objetivo é que com essas mudanças os produtos tenham maior padrão de qualidade, atendam à exigências internacionais e possam ter maior força de competitividade no mercado. Ainda de acordo com o Ministério, são mais de 17 mil unidades no país com capacidade estática de 133 mil toneladas. A assessoria de imprensa do órgão informou ao CCCMG que não foi feito o levantamento de quantos armazéns já haviam conseguido a certificação dentro do prazo anterior.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *