Portugueses devem duplicar consumo do café nos próximos 10 anos

Imprimir

Um estudo sobre o consumo de café em Portugal, concluiu que os portugueses deverão multiplicar o consumo de café nos próximos 10 anos.

O estudo "Tendências e Perspetivas Sociais no Consumo de Café em Portugal", realizado por Tiago Oliveira, no âmbito do mestrado em Comportamento do Consumidor do IPAM, revela novas tendências no consumo.

Atualmente, prevê-se que as pessoas passem a beber mais café em casa e que, em 10 anos, o aumento de apreciadores de café nos lares aumente cerca de 20%. A conclusão vem ao encontro do estudo da Associação Industrial e Comercial do Café (AICC), que diz que o aumento do IVA está a afetar a o consumo de café fora de casa.

As mulheres são um segmento no mercado a explorar. Se, tradicionalmente, o café era consumido, maioritariamente, por homens, atualmente, as mulheres tendem a igualar o consumo de café. Outra conclusão principal da tese é que a qualidade dos lotes tende a melhorar, apesar da atual situação económica.
Estudos demonstram a importância do café para a saúde

O Instituto Nacional do Cancro, nos Estados Unidos, desenvolveu recentemente uma pesquisa que concluiu que o consumo de café pode aumentar a longevidade. No entanto, não são aconselhadas mais de três chávenas de café por dia. Para os médicos, o café tanto pode trazer benefícios como prejudicar a saúde. Neal Freedman, um dos médicos envolvidos no estudo, diz que as pessoas que consomem mais café "são mais propensas a fumar" e "a consumir álcool e carne vermelha em excesso".

No entanto, o café pode beneficiar algumas doenças. Recentemente, um estudo realizado na Universidade de São Paulo, demonstrou que o consumo moderado de café beneficia pacientes com doença arterial coronariana.

Fonte: Porto.Net (Portugal)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *