Pinhalense lança Sistema Integrado de Secagem na Expocafé 2018

Imprimir

Um conjunto que ofereça o benefício do secador estático aliado à qualidade do secador rotativo. Essa é a proposta do novo equipamento que a Pinhalense apresenta na 21ª edição da maior feira de cafeicultura do país. O Sistema Integrado de Secagem é a novidade entre 27 equipamentos diferentes do estande da fabricante paulista na Expocafé, em Três Pontas, sul de Minas Gerais.

Com a integração dos sistemas de secagem estático e rotativo, a máquina beneficiará tanto cafeicultores inclinados a investir em um secador estático, porque querem eliminar a necessidade do terreiro, quanto a quem deseja adquirir um secador rotativo para obter um resultado melhor em termos de qualidade.

Esse secador conta com um silo, na parte superior, que funciona com aeração estática. Quem visitar a Pinhalense na Expocafé poderá ver tanto o novo equipamento montado bem como desmontado, com o silo à parte, além dos tradicionais secadores estáticos e rotativos, para facilitar a análise e a comparação por parte dos produtores.

O portfólio da Pinhalense na feira contempla todas as fases de preparação, colheita e pós-colheita do café. Além dos secadores, destacam-se o premiado despolpador ECO SUPER, econômico e sustentável, e as colheitadeiras P1000 (automotriz) e P1000TR (tracionada), de melhor custo-benefício do segmento.

A edição 2018 da feira, de 16 a 18 de maio, terá uma área de exposição maior que a do ano passado, no Campo Experimental da Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (Epamig), em Três Pontas. Para mais informações, acesse http://www.expocafe.com.br/.

Sobre a Pinhalense
Líder mundial em tecnologia para processamento de café, a Pinhalense Máquinas Agrícolas conta com três unidades fabris que somam mais de 60 mil m² de planta industrial, em Espírito Santo do Pinhal (SP), onde foi fundada há mais de 67 anos. Com cerca de 820 colaboradores, tem máquinas em operação em quase 100 países para clientes de todos os portes, nos segmentos de café, cacau, castanha, feijão, cereais, pimenta e noz macadâmia. Detém mais de 25 patentes em diversas etapas do processamento, da recepção à exportação, e investe permanentemente em pesquisa de novas tecnologias e qualidade, para evolução dos equipamentos e instalações em funcionamento. Mais informações: http://www.pinhalense.com.br/.

Fonte: ADS Comunicação Corporativa, foto de Luiz Valeriano/Ascom CCCMG e vídeo de G1 Sul de Minas/EPTV 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *