Pesquisa destaca COOXUPÉ entre os maiores grupos empresariais de Minas Gerais

Imprimir

A COOXUPÉ, importante cooperativa mineira de café com sede em Guaxupé-MG e responsável por mais de 11 mil cooperados, se destacou em nove categorias do XVII Ranking MercadoComum 2012/2013, importante pesquisa que revela o andamento e resultados das 500 maiores empresas de Minas Gerais. Publicado pela revista MercadoComum, homônima do ranking, o estudo analisou mais de três mil balanços e demonstrações financeiras no período.

Segundo o presidente da cooperativa, Carlos Paulino da Costa, a pesquisa é um importante reconhecimento do trabalho realizado pela Cooxupé aos seus cooperados. “Mais uma vez nos destacamos e acredito que isso seja resultado do nosso empenho e da seriedade das nossas ações. Nosso foco é desenvolver um trabalho cada vez mais apreciado pelos produtores, através de projetos de sustentabilidade e que elevem a qualidade do café mineiro, além de promover cada vez melhor o ‘meio de campo’ entre os nossos cooperados e compradores”, avalia.

Durante a análise, a COOXUPÉ liderou o ranking da categoria “Indústria de Transformação”, conquistou a 9ª posição entre as “Maiores Empresas Exportadoras de MG”, a 8ª posição na categoria “Maiores Empresas Mineiras por Ebitda” e a 19ª posição entre os “Maiores Grupos Empresariais de Minas Gerais”. A cooperativa também está entre as “100 Maiores empresas por receita Operacional Líquida”, na 22ª posição, “Maiores Empresas Mineira em Participação no PIB de MG”, na 23ª posição, 100 Maiores Empresas por Ativos Totais”, alcançando a 37ª posição, além de se destacar nas categorias “100 Maiores Empresas Mineiras por Patrimô ;nio Líquido”, 52ª posição, e “100 Maiores Empresas Mineiras por Lucro Líquido”, 98ª posição.

Sobre a Cooxupé
A cooperativa mineira de café com cerca de 11 mil cooperados, 84% deles pequenos produtores, atende cafeicultores do Sul de Minas, Cerrado Mineiro e Vale do Rio Pardo. Ao longo dos seus mais de 80 anos de história, a entidade tem reunido números expressivos, ganhando liderança nas exportações do grão e ampliando mercados, como o de cafés especiais e certificados.

Fonte: Phábrica de Ideias – Assessoria de Imprensa

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *