Pesquisa científica britânica destaca eficiência do café para a perda de peso

Imprimir
Cientistas da Universidade de Nottingham, na Inglaterra, revelaram que tomar café pode ser um aliado eficiente na perda de peso, pois a substância é capaz de ativar a chamada gordura marrom, também conhecida como gordura boa. A descoberta foi publicada no periódico Scientific Reports.

O corpo é formado por dois tipos de tecido adiposo: o branco e o marrom. Mais conhecido, o branco é abundante em todo o organismo e fica responsável por estocar energia. Enquanto o marrom é mais vascularizado e, por isso, ajuda na produção de calor, queimando calorias. A gordura branca é bastante comum em pessoas magras e está, por exemplo, na região do pescoço.

Os pesquisadores resolveram testar o papel da cafeína em nove voluntários saudáveis, que receberam um sachê de 1,8 g de café instantâneo dissolvido em 200 ml de água. A ingestão do café provocou aumento da atividade metabólica das células do pescoço e, por exames de imagens, foi comprovada a presença da gordura marrom no local, elevando a temperatura corporal.

Segundo Michael Symonds, um dos autores do estudo, quanto maior o estímulo a gordura marrom maior resultado na perda de peso. No entanto, até o momento, nenhum cientista havia sido capaz de descobrir como ativá-la no organismo. “Esse é o primeiro estudo realizado em humanos que mostrou algo capaz de ter um efeito direito nas funções da gordura marrom”, disse em entrevista ao portal Science Daily.

A nutricionista Bruna Freyre destaca que uma xícara de café tem em média 40 miligramas de cafeína, quantidade suficiente para ser consumida como um pré-treino eficaz. Ela afirma, no entanto, que dependendo da sensibilidade do organismo, isso pode variar. “É possível ainda adicionar óleo de coco, que é uma fonte de gordura boa para dar energia ou canela, que é um excelente termogênico“, finaliza.

Fonte: Metrópoles (Por Paula Filizola)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *