Peabirus: Rede Social do Café comemora cinco anos

Imprimir

A Comunidade “Manejo da Lavoura Cafeeira”, na plataforma Peabirus, completa nesta terça-feira (28), cinco anos de intensa articulação entre diferentes atores e setores da cadeia produtiva do café. Próximo de atingir a marca de 2,5 milhões de acessos e contando com mais de 3500 integrantes, a Comunidade se consolida como a maior rede social voltada à construção e difusão coletiva de informações sobre café.

Desde que foi criada em 28 de junho de 2006, a rede social “Comunidade Manejo da Lavoura Cafeeira” inaugurou uma nova forma de informar e de criar novos conteúdos relacionados ao mundo cafeeiro. Diariamente, os participantes da comunidade recebem em seus e-mails uma lista com as mais importantes notícias de café vinculadas no mundo inteiro, convites para debates ou alertas para temas que merecem reflexão.

Esta prática tem revolucionado o modo como as informações são processadas, recebidas pelos integrantes, reconstruídas e transmitidas a outros públicos de referência. O segredo para o sucesso é que a Comunidade serve como um filtro para as notícias da mídia de massa, que ao serem disponibilizadas na rede, são acompanhadas de análises pessoais dos integrantes da comunidade, em um fluxo continuo de idéias para avançar no desenvolvimento do setor cafeeiro. Temas de interesse são constantemente colocados em debate e servem até mesmo como orientação para formulação de políticas públicas.

Criada por iniciativa do Consórcio Pesquisa Café e do Conselho Nacional do Café (CNC), a Comunidade ganhou vida própria com ampla rede de colaboradores e a persistência de seu mediador, Sérgio Parreiras Pereira, pesquisador do Instituto Agronômico de Campinas (IAC) e doutorando da Universidade Federal de Lavras (UFLA).

Na avaliação de Sérgio Pereira, mediador voluntário da Comunidade desde sua criação, o estabelecimento de uma comunicação freqüente e aberta constitui componente de grande importância para o processo de transferência de tecnologia e para o dialogo e aprimoramento da atividade. Em sua avaliação, o espaço de conversação disponibilizado na rede incentiva a exposição de diferentes visões sobre temas de interesse. 

Fonte: Pólo de Excelência do Café

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *