Pausa para o Cafezinho: a origem do Cappuccino

Imprimir
Por Lilian Trigolo

Todos nós já sabemos o quanto esse universo incrível do café é extenso e com muitas variações da bebida, como o famoso cappuccino. Vamos desvendar sua origem para todos os apreciadores desse clássico Italiano.

O nome Cappuccino apareceu pela primeira vez como o “Kapuziner” em casas de café vienenses em 1700. Uma descrição do “Kapuziner” de 1805 descreveu a bebida como “café com creme e açúcar”, e uma outra descrição de 1850 acrescenta “temperos”; à receita.

De qualquer forma, essa bebida tinha uma cor marrom semelhante às vestes usadas pelos frades capuchinhos em Viena, e é daí que vem seu nome. A palavra “capuchinho”; significa capuz em italiano, e era um nome dado aos monges capuchinhos por seu hábito franciscano.

Embora o nome “Kapuziner”; tenha sido usado em Viena, o nome atual da bebida foi inventado na Itália e adaptado para se tornar “Cappuccino Ele foi feito pela primeira vez no início de 1900, logo após a popularização da máquina de café expresso em 1901. O primeiro registro do cappuccino encontrado foi na década de 1930.

O cappuccino dos tempos modernos nasceu depois da Segunda Guerra Mundial, a fabricação de cappuccino passou por algumas melhorias e simplificações na Itália. Isto foi em grande parte graças a máquinas de café expresso melhores e mais amplamente disponíveis, que introduziram o chamado “crema”. Essas melhorias e a influência pós-Segunda Guerra Mundial em partes da Europa prepararam o palco para a eventual popularidade mundial do cappuccino. Foi quando o cappuccino moderno surgiu, por assim dizer, com todos os elementos que agora consideramos adequado para fazer um ótimo cappuccino ( um bom café expresso, equilíbrio e consistência no  leite vaporizado e uma cobertura com  espuma de leite).

Na década de 1990, a introdução da cultura do café (e bebidas de preço mais alto) fez dos cappuccinos, lattes e bebidas similares um grande sucesso nos EUA.

Na maior parte, cappuccinos contemporâneos são feitos com café expresso, leite vaporizado e leite espumado. No entanto, em algumas partes do mundo, os cappuccinos ainda são mais parecidos com os Kapuziners vienenses, com chantilly e outros aditivos Nos últimos anos, alguns costumes europeus de cappuccino mudaram. Mais notavelmente, alguns europeus (particularmente os do Reino Unido, Irlanda, Holanda, Alemanha, Bélgica, França e Espanha) começaram a beber cappuccino durante todo o dia, e não apenas pela manhã. Agora, os cappuccinos também são populares nos cafés à tarde e nos restaurantes após o jantar.

O que achou da nossa matéria?! Compartilhe conosco!
Uma ótima semana a todos, abraço e até o próximo e saboroso cafezinho.

 

 

Lilian Trigolo
Coffee Lover-apaixonada pelo universo do café, e toda a sua cultura cafeeira, formada em Administração de Empresas com Ênfase em Comércio Exterior.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *