Pausa para o Cafezinho: 1º Encontro das Mulheres Cafeicultoras de Ilicínea

Imprimir
Por Lilian Trigolo

O 1º encontro, que aconteceu no dia 23 na cidade de Ilicínea, reuniu cerca de 130 mulheres de diferentes regiões produtoras como Areado, Muzambinho, Poços de Caldas, Três Pontas, Varginha, Cabo Verde, Boa Esperança, Guapé, Santa Rita do Sapucaí, Varginha, Três Pontas, Cambuquira, e Nepomuceno e que representaram todos os setores da cadeia da cafeicultura.

A cafeicultora e idealizadora do evento Márcia Amaral, fez a abertura do evento contando o quanto o café especial mudou a sua vida, e seu desejo de fazer o mesmo por todos os pequenos produtores da sua comunidade.

Com o apoio da Prefeitura Municipal de Ilicínea e o Grupo 3 corações, o evento contou com a palestra de 3 mulheres cases de sucesso como cafeicultoras e empreendedoras.

A palestra deu início com Marisa Contreras, embaixadora do projeto Florada da 3 corações que abordou o protagonismo da mulher no campo, e todas as atitudes, negócios e comportamentos que tem transformado o trabalho das mulheres no campo.

Paula Dias, proprietária da cafeteria Grandpa Joel’s Coffee de Santa Rita do Sapucaí, que está entre as melhores cafeterias do país, contou a sua história, e como o café especial transformou a sua vida e todo o seu trabalho inovador e colaborativo realizado com pequenos produtores locais.

Débora Azevedo Reis, do clube de cafés especiais Coffee And Joy, que tem feito um trabalho incrível do grão a xícara valorizando os produtores e contando a sua história, relatou sobre o café como agente de mudança na vida das pessoas, e na importância de desenvolver o consumo de cafés de qualidade no país.

Neste dia repleto de conhecimentos, novas experiências e grandes emoções, foi fundada pelas produtoras Flávia Fernandes, Márcia Amaral, Nayra Vilela, Luiza Martins Belineli, Érica Cristina Ferreira, Lilian Vilela, Thaís Benetolo a ACEFI (Associação de Cafés Especiais Flores de Ilicínea). Fiquei muito feliz e honrada pelo convite em fazer parte desta associação.

Segundo o prefeito Edvaldo Belinelli, que também é produtor de café, a bebida faz parte do cenário da cidade de Ilicínea. Após este evento, o encontro das Mulheres Cafeicultoras passa a integrar o projeto de turismo com o café do governo federal, ficando oficialmente no calendário da prefeitura.

O evento foi finalizado com um delicioso almoço servido para os presentes e com o lançamento do livro Delícias do Café, da autora Marina de Castro, da Emater de Santa Rita do Sapucaí.

Sem dúvida foi um dia incrível, tive o privilégio de estar entre uma das organizadoras deste evento, e pude perceber que a vontade de fazer a diferença estava no brilho do olhar de cada uma das mulheres ali presentes.

O que achou da nossa matéria?! Compartilhe conosco! Uma ótima semana a todos, abraço e até o próximo e saboroso cafezinho.

 

 

Lilian Trigolo
Coffee Lover-apaixonada pelo universo do café, e toda a sua cultura cafeeira, formada em Administração de Empresas com Ênfase em Comércio Exterior.

One thought on “Pausa para o Cafezinho: 1º Encontro das Mulheres Cafeicultoras de Ilicínea

  • 05/12/2018 at 10:04 pm
    Permalink

    Quem delicia de evento ! Parabéns Lilian, pela matéria e pelo envolvimento e dedicação ao mundo do café ! Beijos

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *