Para Cooxupé, consumo de 20 Mi de sacas é irreal

Imprimir

Para Lúcio Dias, superintendente de operações e comercial de mercado interno da Cooperativa Regional de Cafeicultores de Guaxupé, no Sul de Minas Gerais, o consumo brasileiro de café deverá surpreender negativamente a cadeia produtiva. “Acreditar que o consumo brasileiro está entre 18 e 20 milhões de sacas não está correto ou condizente com a nossa participação no mercado”, afirmou Dias durante palestra no VI Seminário Internacional do Café.

De acordo com o superintendente de operações e comercial de mercado interno da Cooxupé, se o consumo interno estivesse realmente na faixa dos 20 milhões de sacas de 60 quilos, a situação da indústria seria diferente. “Se fosse como se diz, economicamente, a indústria brasileira estaria diferente, não veríamos a concentração do setor como estamos vendo agora”, disse.

Dias acredita que o consumo interno brasileiro está em torno de 15 milhões a 16 milhões de sacas de café. Mesmo assim, segundo ele, a produção do país tem sido aquém da necessidade. “Nós precisamos recompor os estoques e melhorar a produção, senão, não vamos dar conta. Temos que melhorar qualidade e quantidade do café que vamos produzir”, concluiu.

Fonte: Safras & Mercado

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *