Oscilações externas e feriados reduzem ritmo de negócios de café no Brasil, pontua Cepea

Imprimir
Após ter registrado maior liquidez em outubro, as negociações envolvendo os cafés arábica e robusta ocorrem em menor ritmo neste mês.

Segundo pesquisadores do Cepea, esse contexto está atrelado às oscilações nos valores externos de ambas as variedades, que têm afastado vendedores do mercado spot.

Além disso, os feriados de novembro (Finados no dia 2, Proclamação da República no dia 15 e Consciência Negra nessa terça, 20) também influenciam o ritmo de negócios.

Para o robusta, produtores do Espírito Santo consultados pelo Cepea indicam que, até a semana passada, 70% dos grãos da safra 2018/19 haviam sido negociados.

Em Rondônia, o volume comercializado chega a 90 – 95% do total colhido.

Quanto ao arábica, a comercialização da safra 2018/19 tem variado de 50 a 80% entre as regiões acompanhadas pelo Cepea.

Foram vendidos sobretudo grãos de boa qualidade, visto que o volume de cafés de qualidade inferior foi menor, devido ao clima favorável.

Até a última semana, o Noroeste do Paraná registrava o maior percentual de arábica comercializado, de 70 a 80%.

Fonte: Cepea

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *