Os profissionais que mais consomem café durante o expediente

Imprimir

O café acompanha a sua rotina de trabalho? Segundo pesquisa do site CareerBuilder e a rede Dunkin’ Donuts, 32% dos profissionais americanos afirmam que sim. E os engenheiros estão entre os que mais precisam da bebida para encarar a rotina de trabalho.

Para chegar a essa constatação, o site e a companhia consultaram 3.661 profissionais de diferentes áreas de atuação. O resultado é que 43% deles admitem que que produzem menos caso não haja o consumo durante o trabalho. Entre os jovens profissionais, 40%, de 18 a 24 anos confessam que eles não conseguem se concentrar sem o café.

E um dado curioso: 24% dos entrevistados de 18 a 34 anos, compram um café como uma forma de recompensa por um trabalho bem feito.No Brasil, o café é o alimento mais consumido na frente do popular arroz e feijão de todo dia, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Segundo o levantamento, o brasileiro consome, em média, 215,1 ml de café por dia. Confira quais são os profissionais que não abrem mão de um cafezinho durante o expediente: arquitetos, cientistas, designers, enfermeiras, engenheiros, funcionários de hotel, funcionários públicos, médicos, operadores de máquinas, preparadores de alimentos, professores, publicitários, relações públicas e vendedores de seguros e de finanças.

Fonte: AgnoCafe

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *