Operação contra fraude no café do ES tem dois foragidos e um preso

Imprimir
Duas pessoas estão foragidas, um mandado de prisão temporária e 16 de busca e apreensão foram cumpridos, na sexta-feira (25), na Operação Café Fraco, que desarticula uma organização criminosa suspeita de fraudar o mercado cafeeiro, adulterando máquinas de pilar. Prejuízos atingiram produtores do Espírito Santo e Minas Gerais.

Segundo o Ministério Público do Espírito Santo (MP-ES), foram apreendidos diversos documentos, aparelhos celulares, computadores, mídias e máquinas de pilar café durante a operação.

Também foram cumpridos dois mandados de condução coercitiva e realizados três interrogatórios. Os mandados foram pedidos pelo Juiz de Muniz Freire, no Sul do Espírito Santo.

Participam da operação quatro promotores de Justiça, 50 policiais militares do Núcleo de Inteligência da Assessoria Militar do MP-ES e de outras unidades operacionais.

“Nos próximos dias, será feita análise dos materiais apreendidos, além de oitivas de serem realizadas testemunhas e interrogatórios dos investigados”, diz a nota do MP-ES.

Fonte: G1 ES

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *