Oferta mundial elevada pressiona cotações durante 2013

Imprimir

O ano de 2013 foi marcado por sucessiva queda nos preços do café arábica. Os valores foram pressionados pela oferta elevada, tanto no Brasil quanto no mundo. Em outubro, o Indicador CEPEA/ESALQ do arábica tipo 6 bebida dura para melhor, posto em São Paulo, registrou o menor patamar, em termos reais, em 11 anos.

Quanto ao robusta, os valores apresentaram relativa sustentação no primeiro semestre de 2013, mas também recuaram com força entre meados de agosto e outubro. Os preços dessa variedade foram influenciados pelas desvalorizações do arábica.

Segundo pesquisadores do Cepea, em agosto, a diferença entre os Indicadores do arábica e o do robusta foi de 32,95 reais/saca, a menor da série histórica do Cepea, iniciada em 2001 para o robusta. Foi apenas a partir de novembro que os valores do arábica e do robusta passaram a registrar certa recuperação no mercado brasileiro.

Os preços foram influenciados pelo aumento na demanda de compradores que estavam com maior necessidade de aquisição para cumprir contratos.

Fonte: Cepea

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *