Oferta de café do Brasil deve ser menor do que 40 mi/scs em 2015, informa consultoria

Imprimir

"Cada semana que passa sem chuva suficiente torna a situação ainda pior", afirma a presidente da J. Ganes Consulting, Judy Ganes-Chase (foto: J. Ganes Conculting), consultora baseada na cidade do Panamá, no Panamá.

Segundo ela, a produção brasileira em 2015 deve ficar abaixo de 40 milhões de sacas de 60 quilos. Para esta temporada, o potencial já estava baixo, entre 43 e 44 milhões de sacas, porque foi prejudicada pela falta de crescimento vegetativo e de fertilizantes.

Além disso, segundo a consultora, o enfraquecimento do real pode ajudar no rally dos preços internacionais do café. As cotações em queda por três anos consecutivos fizeram com que produtores utilizassem menos fertilizantes, enquanto a seca fez com que a raiz se separasse do solo rachado, impedindo as plantas de absorverem nutrientes.

As informações são da Bloomberg.

Fonte: Agência Safras (Cândida Schaedler) via Rede Social do Café

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *