“O café é prioridade em meu governo”, diz governador Anastasia

Imprimir

O governador de Minas, Antonio Anastasia fez um discurso breve no VI Seminário Internacional do Café, que começou hoje e vai até amanhã (terça-feira,6), no Rio de Janeiro. Mais uma vez o discurso do governador foi de comprometimento para com os produtores de café.

Ele disse que o atual momento vem apresentando resultados positivos e explicou que a participação dos estados em formatação de políticas cafeeira, por exemplo, é restrita. “Os mecanismos que os estados podem utilizar são muito modestos, mas eu garanto que estaremos participando de um esforço político nesse caso, vamos estar sempre ao lado dos produtores. Sei que isso não basta, por isso vamos implantar ações como incremento da certificação e qualificação, já que é fundamental agregar valor ao café que produzimos”, disse Anastasia.

O governador disse que já está implantado em Minas Gerais o Fórum Estadual do Café, que vai identificar lacunas na política cafeeira, bem como as principais necessidades. “Iremos ao governo federal se preciso for. Faremos o Fundo Estadual do Café, que será um fundo de apoio direto aos cafeicultores”, garantiu.

Antonio Anastasia também reafirmou seu compromisso com os produtores de café, que foi assumido durante sua campanha à reeleição, em outubro de 2010: “Durante todo o meu governo faremos tudo o que estará ao nosso alcance para os produtores. Hoje somos o maior produtor do mundo de café e podemos dizer já que também somos os maiores consumidores, portanto não podemos nos conformar”, ponderou.

Para o governador de Minas, “a questão do café se tornou uma obsessão. E assim, não vou descansar enquanto não conseguir. Por isso, precisamos buscar agregar valor ao produto. Não nos faltam expertise, nem tecnologia. Temos que ser ousados. O café é prioridade durante todo o meu governo”, finalizou o governador Anastasia, dizendo que espera estar no ano que vem no próximo fórum para continuar a debater com especialista um assunto de fundamental importância para Minas e para o Brasil.

Fonte: Coffee Break

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *