Nova safra de café do Vietnã deve chegar ao mercado em novembro

Imprimir

Os grãos de café da safra 2012/13 do Vietnã devem chegar ao mercado no próximo mês, com o início da colheita em pequena escala, e as exportações em outubro podem se equiparar ou não aos números do mês passado, dependendo da disponibilidade de estoque, disseram traders.

A colheita no maior país produtor de café robusta do mundo deve pegar ritmo ao final deste mês e atingir seu pico em novembro. Um aumento no comércio de café e uma colheita em aceleração devem eventualmente ajudar a aliviar os preços.

As exportações de café do Vietnã podem ficar entre 50 mil e 75 mil toneladas (830 mil e 1,25 milhão de sacas de 60 kg) em outubro, contra as 75 mil toneladas estimadas em setembro, disseram traders.

A extremidade mais baixa da estimativa este mês pode fornecer um suporte de curto prazo para os preços do café.

Os estoques de passagem do ano safra que terminou em 30 de setembro foram estimados entre 140 mil toneladas e 200 mil toneladas, em alta de cerca de 40 por cento ante as 100 mil a 140 mil toneladas da temporada anterior, disseram traders de empresas estrangeiras em Ho Chi Minh City.

O ano safra 2012/13 começou no Vietnã na segunda-feira, mas a produção pode recuar até 10 por cento após atingir máxima recorde de 1,6 milhão de toneladas no ano passado.

O volume de exportação em outubro é importante para ajudar a finalizar a produção da safra 2011/12, uma vez que a maioria dos grãos embarcados neste mês vão vir da safra anterior, antes do pico da colheita em novembro.

O ano safra do café do Vietnã vai de outubro a setembro, e chuvas interromperam a colheita e a secagem do café no ano passado.

"Apenas 5 por cento do café exportado este mês será da nova safra", disse um trader de empresa estrangeira em Ho Chi Minh City, que visitou o Planalto Central para fazer pesquisa sobre a nova safra.

A colheita começou em pequena escala e vai pegar ritmo dentro de duas semanas no Planalto Central, que produz cerca de 80 por cento do café do Vietnã.

"Conseguimos comprar cerca de 600 toneladas de café nos últimos dias (dos produtores), mas a maior parte dos grãos são da safra anterior, disse um trader de Daklak, maior província produtora.

O preço do café robusta subiu para entre 42.700 dong e 42.900 dong (2,05 dólares e 2,06 dólares) por kg na terça-feira em Daklak, contra entre 41.600 dong e 41.200 dong há uma semana.

Produtores disseram ter antecipado os preços do café em cerca de 43 mil dong por kg no início da colheita.

Os descontos do robusta vietnamita tipo dois, 5 por cento preto e queimado, caiu para entre 30 dólares e 40 dólares por tonelada em relação ao contrato janeiro em Londres, para entrega em dezembro, contra os 50 dólares na semana passada.

(US$1=20.840 dong)

Fonte: Reuters

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *