Museu do Café está em busca de depoimentos de italianos

Imprimir

Entre outubro de 2011 e junho de 2012 será comemorado o ano da Itália no Brasil (Momento Itália-Brasil). Antecipando as celebrações, ainda no mês de agosto, o Museu do Café, instituição da Secretaria de Estado da Cultura, localizado em Santos, inaugura a exposição “Itália – Café – Brasil: qui si beve caffè”. Para contar essa história, a instituição cultural está em busca de depoimentos de imigrantes e descendentes interessados  em colaborar com o processo de pesquisa. As mensagens podem ser encaminhadas para o endereço eletrônico museudocafe@museudocafe.org.br.

Quando um museu une os temas café e Itália, o caminho natural e esperado é que ele aborde a imigração e o trabalho nos cafezais como seus objetos principais. Porém, sem deixar de lado a importância histórica destes assuntos, a exposição do Museu do Café será centrada nos hábitos e na presença do café no dia a dia dos italianos e seus descendentes. O objetivo da instituição é esclarecer como a Itália, um país mundialmente reconhecido como apaixonado por café, influenciou os hábitos e a relação do brasileiro com a bebida ontem e hoje. Dessa forma, termos, horários, misturas, utensílios, peculiaridades, lugares, companhias, e tudo o que remeta aos modos de preparar e beber o café, seja em casa, no campo, nas indústrias, nas ruas ou nas cafeterias, pode ser uma rica contribuição para a montagem da mostra.

O Museu do Café foi criado em 1998 com o objetivo de preservar e divulgar a histórica relação entre o café e o Brasil. Instalado no edifício da antiga Bolsa Oficial de Café em Santos e foi tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN).

Fonte: Revista Cafeicultura

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *