Movimento SOS Cafeicultura recolhe assinaturas para prorrogação das dívidas com governo federal

Imprimir

Produtores do Movimento SOS Cafeicultura em São Pedro da União (MG) se reuniram na quarta-feira (02) para recolhimento de assinaturas para prorrogação das dívidas com o governo federal. A reunião aconteceu no salão de eventos da Igreja do Bairro Arrudas. Estiveram presentes os membros da Associação Comunitária do Bairro Arrudas, da Associação Comunitária de Desenvolvimento do Bairro Alves, Lideranças e Cafeicultores do Município de São Pedro da União, do Bairro Mata do Sino e do Município de Juruaia.

Foi discutida a gravidade da situação atual, de perda de renda e de elevação do nível de endividamento do setor. A entidade observa que a tendência de queda dos preços do grão persistiu nas últimas semanas, mesmo com a intervenção do governo no mercado interno, por meio dos leilões de contratos de opção de venda. Grande parte dos produtores comercializa o café a preços inferiores ao custo de produção e enfrenta dificuldades para quitar as parcelas de crédito rural.

Foram coletadas assinaturas dos cafeicultores para serem levadas até a Capital Federal, onde está sendo agendada uma reunião com a Ministra Chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffmann. A solicitação do Movimento SOS Cafeicultura é que a dívida dos Cafeicultores seja prorrogada para 15 anos, com 02 anos de carência. “Além de cobrar das autoridades em Brasília, ações como o pedido da CNA de suspensão por 90 dias dos vencimentos de dívidas dos Cafeicultores até que se encontre uma solução para amenizar a crise avassaladora do Setor Cafeeiro do país". (Com informações de Fernando Barbosa e Emater São Pedro da União)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *