Mistura de cafés especiais atiça paladar e atrai visitantes na Expocafé

Imprimir

Em meio às muitas máquinas expostas e negociadas na Expocafé, em Três Pontas (MG), os sabores e aromas do café não podem ficar de lado e chamam a atenção dos visitantes. No estande da Emater-MG (Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural de Minas Gerais), diversas misturas, ou blends, são oferecidos para que o consumidor possa experimentar e conhecer produtos especiais.

"Um blend é a mistura de grãos. Ele pode ser da mesma variedade, como a arábica, ou uma mistura de variedades, como arábica e conilon", explica o engenheiro agrônomo Marcelo Tardioli.

O concurso de qualidade de café realizado anualmente pela Emater é a base para a produção dos diversos tipos de misturas, que têm a característica do café produzido em cada região. "A gente pega os cafés finalistas e faz uma torra específica para a máquina de expresso, para demonstrar o que é um café de alta qualidade", conta Tardioli.

As misturas são dividas nas quatro regiões cafeeiras do estado: Sul de Minas, Zona da Mata, Chapadas e Cerrado. (Foto: Régis Melo)

Vilmar Viana e a esposa Rosana Viana saíram de Três Corações (MG) para visitar a exposição, a fim de comprar utensílios de uso diário na fazenda. Depois das compras, foi a hora de parar para tomar um cafézinho. "Achei muito bom, uma delícia. Deu pra sentir o gosto bem diferente", diz Rosana.

Já o marido até gostou do sabor, mas disse que não abre mão do que está acostumado a tomar em casa. "Esse café não é o mesmo café de casa. O sabor, o jeito de fazer é diferente. Mas eu sou mais o do Sul de Minas, acho o melhor café", afirmou.

Fonte: G1 Sul de Minas (Régis Melo)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *