México: produção 2010/11 totalizará 4,1 mi/sc, diz ministério

Imprimir

O ministério da agricultura do México afirmou nesta segunda-feira que a colheita de café 2010/11 deve totalizar mais de 4,1 milhões de sacas de 60 kg, o que representa queda modesta em relação às 4,2 milhões de sacas produzidas na temporada anterior.

O clima desfavorável e os antigos e pouco produtivos cafeeiros contribuíram para a queda da produção neste ano. A estimativa do ministério ainda é superior à da Associação Mexicana para Produção de Café, que espera 4 milhões de sacas. Entretanto, é inferior à previsão inicial do governo, de 4,4 milhões de sacas.

O ministério afirmou que as exportações devem alcançar 2,4 milhões de sacas até o fim de setembro, quando termina o atual ciclo do café. Os grãos de café bruto somarão quase 1,6 milhão de sacas, enquanto o restante das exportações será composto por café instantâneo. Os Estados Unidos, o Brasil, a Alemanha e o Japão são os principais consumidores de café do México, de acordo com o ministério.

Espera-se que os atuais esforços de replantio apoiados com recursos do governo e outros programas impulsionem a produtividade do setor de café no próximo ciclo. Atualmente, o café é cultivado em 688 mil hectares no México. As informações são da Dow Jones.

Fonte: Agência Estado

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *