Mercado Físico apresenta cotações estáveis na quinta-feira

Imprimir

Mercado interno com poucas respostas ao pregão com tendência realizadora em Nova York. Compradores um pouco mais presentes, o que serviu para garantir a sustentação dos preços, vista a já esperada ausência vendedora. Na próxima semana, já é aguardada uma leve melhora no volume de atividade, com o retorno de parte da força compradora e vendedora às negociações.

No Sul de Minas, mercado com pouca presença vendedora e volume reduzido de negociação. Café bebida dura, entre R$ 425 eR$ 435 dependendo da catação.

No Cerrado mineiro, durante o início do dia, compradores dispostos a pagar R$ 430 para café com 20% mas sem encontrar vendedores.

Zona da Mata movimentação limitada. Café bebida dura, com 15% a partir de R$ 410 enquanto que com 20% a partir de R$ 400.

No Paraná vendedores de forma do mercado. Bebida dura, com 20%, a R$ 390 (+2,63%).

No Espírito Santo, pouca procura limitou avanços. Conillon tipo 7 ainda entre R$ 188 eR$ 190.

Em Barreiras, oeste da Bahia, vendedores aguardam finalização do ano para mostrar maior presença. Bebida dura entre R$ 415 eR$ 418.

Em Rondônia lateralização continua forte. Café 400 defeitos novamente indicado a partir de R$ 180 com café posto SP a R$ 192 e posto PRa R$ 190.

Fonte: Safras & Mercado

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *