Mercado de café do Vietnã tem poucos negócios diante de preços baixos

Imprimir
Os agricultores do Vietnã evitaram vender café nesta semana por causa dos baixos preços, disseram operadores nesta quinta-feira, à medida que os negócios seguem lentos nos principais mercados cafeeiros da Ásia devido à temporada de festas.

Cafeicultores do Planalto Central, maior área de cultivo do produto no Vietnã, venderam café a 33.600 dongs (1,45 dólar) por kg, valor estável em relação à semana passada.

Em 31 de dezembro, último dia de operações de 2019, o contrato março do café robusta na ICE, negociado em Londres, fechou em alta de 7 dólares, ou 0,5%, a 1.382 dólares por tonelada.

“Embora os agricultores estejam sob pressão para vender grãos e receber dinheiro antes do Ano Novo Lunar, celebrado daqui a três semanas, os preços pouco atrativos em Londres os desencorajaram”, disse um operador da região. “Os produtores ainda esperavam que os preços pudessem subir.”

Em 2019, as exportações de café do Vietnã recuaram 13,9% na comparação com o ano anterior, somando cerca de 1,61 milhão de toneladas, de acordo com dados oficiais.

Nesta quinta-feira, operadores do país asiático ofertaram o café robusta tipo 2 com um prêmio de 50 dólares por tonelada sobre o contrato março, ante prêmio de 70 dólares a 80 dólares na semana passada.

Fonte: Reuters (Por Phuong Nguyen e Mas Alina Arifin)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *