Médias mensais são as menores desde jan/14 para o arábica e dez/13 para o robusta, aponta Cepea

Imprimir
A perspectiva de ampla oferta de café na safra 2018/19 e de reservas confortáveis em 2019/20 – devido, especialmente, à safra volumosa no Brasil no próximo ciclo, que começa nos próximos meses – têm pressionado os valores externos e, consequentemente, internos do arábica e do robusta.

Levantamento do Cepea aponta que com as recentes e contínuas quedas nos preços, as médias mensais atuais são as mais baixas desde janeiro de 2014 para o arábica e de dezembro de 2013 para o robusta, em termos reais (os valores foram deflacionados pelo IGP-DI de fevereiro/19).

Esse cenário, por sua vez, mantém produtores consultados pelo Cepea retraídos do mercado, negociando apenas quando necessário.

Fonte: Cepea

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *