Maior produção no Brasil e queda do dólar desvalorizam arábica, avalia Cepea

Imprimir
Os preços internos do arábica caíram na maior parte da semana passada, influenciados pela estimativa de maior produção no Brasil e também pela desvalorização do dólar.

Já as altas pontuais verificadas nos valores domésticos estiveram atreladas aos avanços externos, conforme colaboradores do Cepea.

Nessa terça-feira, 25, o Indicador CEPEA/ESALQ do arábica fechou a R$ 408,78/sc, queda de 0,8% em relação à terça anterior, 18.

Quanto ao robusta, o ritmo de negócio está lento, visto que agentes estão afastados dos negócios.

Nessa terça-feira, o Indicador CEPEA/ESALQ do robusta tipo 6 peneira 13 acima fechou a R$ 320,42/saca de 60 kg, 0,2% menor que o da terça anterior, 18.

Fonte: Cepea

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *