Leilão do ‘Cup of Excellence Early Harvest’ movimenta mais de R$ 1 milhão

Imprimir

O leilão dos 32 lotes vencedores do 14º Concurso de Qualidade Cafés do Brasil "Cup of Excellence Early Harvest" – Edição 2013, realizado pela Associação Brasileira de Cafés Especiais (BSCA, sigla em inglês), em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) e a Alliance for Coffee Excellence (ACE), ocorreu na quarta-feira, 27 de novembro, por intermédio da internet.

Todos os cafés foram negociados, com a movimentação gerando uma receita total na ordem de US$ 516.659,36 (* R$ 1.186.249,89), a uma média de US$ 7,06 por libra-peso, o que equivale a US$ 933,90 (* R$ 2.144,23) por saca de 60 kg e representa alta de 653,10% sobre o fechamento do dia na Bolsa de Nova York (US$ 1,0810 por libra-peso no contrato março, o mais negociado).

Ao término dos negócios, o maior lance registrado foi de US$ 23,10 por libra-peso (alta de 2.136,91% ante NY), pago pelo consórcio formado pelas empresas japonesas Maruyama Coffee, Sugi Coffee Roasting e Adachi Coffee. Esse valor equivale a US$ 3.055,67 (* R$ 7.101,37) pagos por cada uma das 15 sacas do Sítio São Francisco de Assis, situado em Carmo de Minas (MG), região da Mantiqueira. O lote rendeu um total de US$ 45.830,40 (* R$ 106.509,85) para a produtora Marisa Coli Noronha, vencedora do concurso destinado exclusivamente aos cafés brasileiros produzidos por via úmida (cerejas descascados ou despolpados) na safra 2013.

O segundo melhor lance do pregão foi dado para os grãos produzidos na Fazenda Rainha, situada em São Sebastião da Grama (SP), região da Mogiana Paulista, pertencente ao grupo Fazenda Sertãozinho LTDA e que foi vice-campeã do concurso. Seu lote, de 11 sacas, foi arrematado pela empresa Kyokuto Fadie Corporation, também do Japão, que pagou US$ 2.302,99 (* R$ 5.352,15) por saca, gerando um total de US$ 25.331,55 (* R$ 58.870,52). O resultado completo do leilão pode ser acessado no site da ACE.

Segundo a diretora executiva da BSCA, Vanusia Nogueira, considerando os baixos preços pagos pelo café no mercado atualmente, o resultado do leilão foi muito bom. “Alcançamos valores excelentes pelos melhores cafés especiais do Brasil, com uma cotação média superior em mais de 600% aos preços da Bolsa de Nova York”, destaca.

AMPLIANDO HORIZONTES — O trabalho de promoção dos cafés especiais brasileiros realizado pela BSCA em conjunto com seus parceiros, como Apex-Brasil, Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Sebrae e Embratur, segue dando resultados interessantes para os produtores nacionais. “No leilão de hoje, além das empresas japonesas, contamos com a participação de várias indústrias sul-coreanas e australianas, além de norte-americanas, europeias e até uma da África do Sul. Isso demonstra que temos realizado um bom trabalho de promoção, principalmente através do projeto setorial ‘Brazilian Specialty and Sustainable Coffees’ que desenvolvemos em parceria com a Apex-Brasil”, ressalta Vanusia.

PATROCÍNIO E APOIO — A edição 2013 do Cup of Excellence – Early Harvest é patrocinada pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), auditada pelo Centro do Comércio de Café do Estado de Minas Gerais (CCCMG) e conta com o apoio institucional da Associação Brasileira da Indústria de Café (Abic), da Associação dos Produtores de Café da Mantiqueira (Aprocam), da CarmoCoffees, da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), do Conselho dos Exportadores de Café do Brasil (CeCafé) e do Conselho Nacional do Café (CNC).

* Dólar cotado a R$ 2,324, conforme fechamento de 27/11/2013.

Fonte: BSCA – Assessoria de Comunicação (Paulo A. C. Kawasaki)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *