Kátia Abreu: Ministério dividiu País por regiões para trabalhar políticas mais específicas

Imprimir

A ministra da Agricultura, Kátia Abreu (foto: reprodução Facebook), afirmou que está dividindo o País por microrregiões para trabalhar políticas específicas para cada área e identificar o que é importante para cada uma delas. Ela acrescentou que, no Sul, o leite e o café foram identificados como produtos que precisam de tratamento diferenciado. Segundo a ministra, depois do programa do Leite Sustentável, lançado hoje, o próximo a ser lançado será o do café. "Temos que manter crédito, lutar por seguro rural e trabalhar a infraestrutura", citou a ministra.

Ao apresentar o programa do leite, ela explicou que apenas 12% dos brasileiros no campo estão na classe média e que entre os produtores de leite e de café é onde a pobreza mais se acentua. Na avaliação dela, o uso de tecnologia vai ajudar a diminuir os desequilíbrios sociais no campo. "Precisamos levar tecnologia e assistência técnica para esses produtores fora da classe média", disse. Ele defendeu ainda que os pecuaristas de leite trabalhem em consórcio para aumentar a produtividade.

Agência Estado

Victor Martins

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *