Kapeh abre loja em Belo Horizonte

Imprimir
Agregar valor à produção de café é um dos desafios enfrentados pelos cafeicultores. Além da produção de cafés especiais, a industrialização do grão é uma das alternativas para ampliar os ganhos com a cultura. Em Minas Gerais, a Kapeh Cosméticos vem inovando e utilizando o produto para a fabricação de cosméticos. Com uma linha composta por cerca de 140 itens, as inovações são constantes e a novidade deste ano é a abertura de uma loja-conceito em Belo Horizonte. Na flagship store, consumidores poderão encontrar mais que os cosméticos, mas uma cafeteria completa que tem como objetivo promover uma imersão no mundo do café.

Com investimentos próximos a R$ 500 mil, a unidade será inaugurada dia 14 de agosto, no Shopping Diamond Mall, em Belo Horizonte. Este será o segundo empreendimento da marca, que já conta com uma flagship store em Varginha, no Sul de Minas. As expectativas são positivas em relação à aceitação do modelo por parte dos consumidores.

A estimativa é inaugurar entre 10 e 20 lojas até o final de 2019. As negociações envolvem outros shoppings da capital mineira e a expansão para outros estados, que será feita através de franquias. De acordo com a diretora da Kapeh, Vanessa Vilela, a unidade de Varginha foi o projeto-piloto e como os resultados foram positivos, será feita a expansão da marca.

“Vamos inaugurar a unidade em Belo Horizonte com o conceito de proporcionar ao consumidor uma imersão no mundo do café, tanto em relação à experiência com os cosméticos, como também no mundo da bebida. Nossa proposta é ir além da degustação, queremos que o consumidor aprenda sobre o grão, a identificar as notas presentes na bebida, quais as diferenças entre os grãos e as diversas formas de preparo. O novo conceito da loja é gerar experiência e fazer a imersão no grão, que é tipicamente brasileiro”.

Ainda segundo Vanessa, a equipe da unidade está capacitada para servir e apresentar diversas formas de preparar o café. Além disso, o consumidor poderá adquirir os grãos especiais de diferentes partes do País, assim como acessórios e os cosméticos.

“Vamos reunir todo o universo do café em um espaço. Teremos os cosméticos, os grãos diferenciados, quitutes, equipamentos e acessórios para que o consumidor tenha uma experiência diferenciada”.

Fazenda

Presente no mercado há 11 anos, a linha da Kapeh cosméticos tem a base de extrato do café verde, produzido na Fazenda Rancho Fundo, em Três Pontas, no Sul de Minas.

A fazenda, que é a fornecedora da principal matéria-prima da Kapeh, conta com avançadas técnicas de cultivo, manejo e gerenciamento. A unidade produtiva tem a certificação internacional UTZ Certified, um dos mais importantes selos que atesta a produção sustentável, respeitando o meio ambiente, questões sociais e econômicas.

Marca

A marca é composta por cerca de 140 itens, incluindo hidratantes, sabonetes, óleo de banho, entre outros.

Um dos diferenciais da marca é dominar toda a cadeia do café, desde a produção dos grãos na fazenda, passando pelo processamento para a produção da bebida, a industrialização, com o uso do extrato de café para a produção de cosméticos, até a comercialização no mercado final.

O desenvolvimento deste processo aconteceu devido à experiência familiar na produção do café, aliada à formação da diretora da marca, Vanessa Vilela, que é farmacêutica e bioquímica.

“Conseguir atuar em toda a cadeia do café é muito interessante por possibilitar a agregação de valor ao grão. São gerações da família envolvidas no processo, que foi se aprimorando e crescendo” disse Vanessa.

Além de atuar no mercado interno, a Kapeh exporta para Portugal, África do Sul e Holanda.

Fonte: Diário do Comércio via Sistema FAEMG (com foto divulgação de Fagner Martins)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *