Japão junta-se à Organização Internacional do Café

Imprimir

O diretor executivo da Organização Internacional do Café (OIC), Robério Oliveira Silva, anunciou hoje (23 de julho de 2015) que o Japão completou os procedimentos para adesão à entidade ao abrigo do Acordo Internacional do Café de 2007.

Assim, o Japão torna-se o oitavo membro importador da OIC, unindo-se a União Europeia, Noruega, Rússia, Suíça, Tunísia, Turquia e Estados Unidos nessa categoria.

Robério Silva disse: "o Japão tem uma das indústrias mais vibrantes e respeitadas de café do mundo. Temos estado em conversações há algum tempo sobre a possibilidade de unir-se à OIC e, hoje, tenho o prazer de receber o país como nosso mais novo membro".

O Japão é o quarto maior consumidor de café do mundo, depois de EUA, Brasil e Alemanha, com um consumo total de 7,5 milhões de sacas no ano civil de 2014. Isso equivale a um consumo per capita de 3,5 quilos de café por ano. Ao longo dos últimos quatro anos, o consumo no Japão continuou a apresentar um forte crescimento de cerca de 2,2% ao ano.

O Acordo Internacional do Café de 2007, o sétimo desde 1962, foi firmado pelos 77 membros do Conselho Internacional do Café em Londres, no dia 28 de setembro de 2007. Foi formalmente adotado pelo Conselho por meio da Resolução 431 e entrou definitivamente em vigor no dia 2 de fevereiro de 2011. Os países membros da OIC representam 95% da produção mundial de café e, agora, com a adesão do Japão, 83% do consumo mundial.

Fonte: OIC com tradução de P1 / Ascom CNC

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *