Investimento em tecnologia ajuda na produtividade dos cafezais

Imprimir

O cultivo do café é tradição de mais de um século na família de Ismar de Oliveira. Na fazenda em Cristais Paulista, região da Alta Mogiana, interior de São Paulo, a lavoura já se estende por 112 hectares e continua crescendo. “Investi em qualidade de mudas, mecanização, tecnologia e no que é mais importante, a irrigação”.

A aposta deu resultado. Em 2011, a lavoura rendeu 5.600 sacas e o lucro já foi investido novamente. “Agora tenho trator e colheitadeira próprios”, comemora Oliveira.

A Cocapec, Cooperativa dos Cafeicultores, estima que a região da Alta Mogiana colha cerca de 1,5 milhão de sacas em 2012.

Nos últimos 10 anos, a área plantada de café arábica na região aumentou cinco mil hectares, cerca de 10%, mas a produtividade dobrou. Hoje são colhidas entre 25 e 30 sacas por hectare, consequência do investimento no trato da lavoura. “O produtor renovou o parque cafeeiro, colocou variedades mais produtivas e a mudança mais significativa foi em relação à mecanização. Agora, continuamos investindo na lavoura para ofertar ao mundo o suprimento da demanda nos mercados nacional e internacional”, explica Anselmo de Paula, gerente da Cocapec.

Fonte: Globo Rural

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *