InovaCafé recebe cafeicultores de nove países da América Central

Imprimir
Técnicos agrícolas de nove países da América Latina realizaram visita, nos dias 11 e 12/09, às dependências da Agência de Inovação do Café (InovaCafé) da Universidade Federal de Lavras (UFLA). Os visitantes, advindos de países como Bolívia, Colômbia, Costa Rica, El Salvador, Equador, Guatemala, México, Nicarágua e Peru, são membros de 15 cooperativas de pequenos produtores de cafés de regiões de montanha. A vinda fez parte de circuito promovido pela Coordenadora Latino-Americana e do Caribe de Pequenos Produtores e Trabalhadores do Comércio Justo (CLAC) e envolveu somente produtores com certificação Faitrade (Comércio Justo).

Ao longo de dois dias, os técnicos – acompanhados do coordenador de Produção e Mercado de Café da CLAC/Fairtrade, João Carlos Schmölz de Mattos, e da gestora de Fortalecimento e Desenvolvimento da CLAC no Brasil, Paola Silva Figueiredo – procuraram absorver informações, tecnologias e inovações sobre toda a cadeia produtiva do café e, principalmente, ligadas à mão de obra e à mecanização. Segundo relatos, a falta de mão de obra para a cafeicultura é um dos principais problemas enfrentados por grande parte dos países produtores. A motivação da visita se deu em virtude do reconhecimento da UFLA, nacional e internacionalmente, como geradora de conhecimentos na área, fruto do trabalho de 140 pesquisadores.

A visita
No primeiro dia, a comitiva foi recepcionada pelo coordenador da InovaCafé, Luiz Gonzaga de Castro Júnior, pelo chefe do Departamento de Agricultura (DAG), Rubens José Guimarães, pela pós-doutoranda Dalyse Toledo Castanheira e pelo pesquisador do Centro de Inteligência em Mercados (CIM) e coordenador do projeto Campo Futuro na UFLA, Heitor Parreiras.

Heitor Parreiras explanou sobre os custos de produção (Foto: Divulgação/InovaCafé)

Após boas vindas, foi realizada prova de xícaras com cafés de experimento de fermentação, atividade coordenada pelo professor do DAG, Virgílio Anastácio Silva, e passeio por toda a estrutura do complexo InovaCafé. Na sequência, houve apresentação de Guimarães sobre o manejo da lavoura cafeeira. As atividades tiveram continuidade com visita à vitrine de cultivares do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia do Café (INCT do Café), acompanhada do coordenador do órgão, professor Mário Lúcio Vilela de Resende.

No período da tarde, os produtores assistiram a palestra “Custos de produção e características produtivas da cafeicultura de montanha no Brasil”, proferida por Heitor Parreiras, além de visitarem os experimentos “Otimização de Água na Cafeicultura” e “Plantas de Cobertura”, ambos realizados pelo Núcleo de Estudos em Cafeicultura (Necaf/UFLA). Já o segundo dia foi dedicado às palestras “Colheita, Pós-Colheita e Qualidade”, comandada por Virgílio Anastácio, e “Colheita Seletiva e Mecanização”, conduzida pelo professor do Departamento de Engenharia (DEG), Fábio Moreira.

Visitantes conheceram a Unidade de Torrefação do café CafEsal, produzido na UFLA (Foto: Divulgação/InovaCafé)

Fonte: Ascom InovaCafé

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *