Inicia-se a 20° edição do ENCAFÉ, na Bahia

Imprimir

Subordinado ao mote 20 anos unindo a indústria do café", este evento, que decorre no Hotel IberoStar Bahia, no norte de Salvador, com a organização da ABIC (Associação Brasileira da Indústria do Café), exibirá até sábado (01/12) um vasto programa de atividades diferenciadas, destacando-se um conjunto de palestras, seminários, debates e workshops formativos, que irão debruçar-se sobre importantes temáticas para a indústria de café. Paralelamente, contará com um espaço dedicado à exposição das mais recentes novidades tecnológicas em termos de máquinas, equipamentos, produtos e serviços relacionados com este setor.

No intuito de revelar as várias atividades que irão decorrer em simultâneo à vertente expositiva, ocorreu ontem à noite no local a cerimônia de abertura, com muitos nomes expoentes do mercado como Robério Silva (Diretor Executivo OIC), Américo Takamitsu Sato (presidente ABIC), Nathan Herskowicz (Diretor Executivo da Abic), Guilherme Braga (Diretor Geral Cecafé), Eduardo Sales (secretária da Agricultura da Bahia) entre muitos outros expoentes do setor. Na ocasião foram entregues os prêmios aos vencedores dos melhores cafés no padrão PQC de qualidade.

Para hoje, estão previstas a realização da palestra Brasileiros e o cenário do café, uma relação que está no DNA, com enfoque na análise do panorama mais atual do novo mercado consumidor de café e também a apresentação teórica-prática Microscopia-Método, orientada por Flavio Silveira do Sindicafé de Minas Gerais (Sindicato da Indústria dos Cafés), que permitirá aos empresários presentes não só conhecer o método de análise microscópica para a detecção de impurezas no café, mas também serem alertados para a fiscalização oficial praticada pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento do Brasil, com a finalidade de melhorar o café servido aos consumidores.

Outro importante destaque da programação deste dia pertencerá à palestra Exportar é Inovar, que mostrará como as empresas brasileiras estão expandindo o seu negócio através da exportação.

O workshop Análise dos custos na indústria de café e a tomada de decisões empresariais, orientado pela consultora em café MFC, será outra das atrações desta jornada, explicando se as empresas deverão ampliar as vendas do seu café mais barato, se devem inaugurar novos canais de venda ou qual o volume de vendas que recupera o investimento realizado num novo mercado.

A SEBRAE (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas) marcará presença com a orientação de uma palestra, na qual serão apresentados dois programas de apoio a Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE Mais e SEBRAETEC), essenciais para o incremento da sua competitividade e gestão de negócio.

Para o dia 30 de novembro, está previsto realizar-se o painel Linhas de Financiamento para a indústria de café, em que a ABIC abordará as suas iniciativas e linhas de financiamento para a indústria do café.

Além destas temáticas, o certame colocará o acento na discussão de assuntos relacionados com a saúde, certificação de cafés (selo ABIC de qualidade), casos de sucesso na indústria do café e as políticas públicas brasileiras relativas ao setor. As informações são da Hostel Vending Portugal, adaptadas pelo CaféPoint.

Fonte: CaféPoint

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *