Indonésia planeja dobrar embarque de cafés especiais até 2020

Imprimir

A Indonésia, terceiro maior exportador de café da Ásia, planeja duplicar os embarques de grãos especiais para cerca de 2 milhões de sacas de 60 quilos cada até 2020, ampliando a produção em meio à expectativa de uma robusta demanda global, afirmou nesta segunda-feira Surip Mawardi, pesquisador sênior do Instituto Indonésio de Pesquisa de Café e Cacau.

Os preços do café verde atingiram US$ 2.500 por tonelada até meados de 2011, quase duas vezes mais frente ao ano anterior por causa da robusta demanda global por grão arábica de alta qualidade. Embora tenham se afastado das máximas, as cotações ainda estão elevadas, acima de US$ 2 mil por tonelada.

A produção do tipo arábica tem aumentado em um ritmo mais lento que a demanda geral por café nos últimos 10 anos. A safra mundial de grão arábica registrou alta de 11% entre 2001/02 e 2011/12, ante expansão de 29% da demanda neste mesmo intervalo, de acordo com um relatório do Rabobank. Tal lacuna foi preenchida por um uso maior de café robusta e pela redução dos estoques no passado.

Ainda assim, os riscos de oferta em grandes regiões produtoras de arábica e uma demanda maior por parte dos consumidores podem tornar a Indonésia um importante fornecedor nos próximos anos, informou Mawardi. "Esperamos ampliar a produção de arábica ao expandir a área plantada."

Cerca de 70% do volume total produzido no país é da variedade robusta. "Nós temos muitas terras em altas altitudes para o cultivo de arábica. O arábica proporciona um ganho maior aos produtores", disse o pesquisador.

Se as condições climáticas forem favoráveis, a colheita de café da Indonésia pode subir mais de 20% no ano que vem, ante 550 mil toneladas, ou 9,2 milhões de sacas de 60 quilos cada, previstas para 2011, revelou Mawardi. "Nós esperamos chuvas em dezembro e janeiro. Mas prevemos que o clima melhore até março", quando a colheita atinge o pico em algumas províncias. As informações são da Dow Jones.

Fonte: Agência Estado

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *