Indicador do arábica recua mais de 30 Reais/sc em julho, informa Cepea

Imprimir
As cotações domésticas do café arábica apresentaram acentuada queda em julho, o primeiro mês da safra 2019/20. Entre 28 de junho e 31 de julho, o Indicador CEPEA/ESALQ do tipo 6 bebida dura para melhor, posto na capital paulista, recuou 31,38 Reais por saca (ou -7,3%).

Segundo pesquisadores do Cepea, a pressão veio da desvalorização externa da variedade e da queda do dólar frente ao Real em alguns dias específicos.

Quanto ao robusta, as cotações domésticas também apresentaram queda significativa no acumulado de julho, em linha com a oferta elevada no Brasil e o movimento de baixa dos valores externos do grão.

Entre 28 de junho e 31 de julho, o Indicador CEPEA/ESALQ do tipo 6 peneira 13 recuou 19,51 Reais por saca (ou 6,6%).

Fonte: Cepea

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *