Impactos da estiagem no café de MG serão sentidos também em 2015

Imprimir

A Alto Cafezal Comércio, Importação e Exportação vai precisar de 600 litros de café para beneficiar uma saca de 60 quilos, contra os 550 quilos há um ano, uma vez que a estiagem do primeiro trimestre reduziu o tamanho dos grãos, disse hoje o presidente da trading, José Carlos Grossi. Segundo ele, a estiagem na região de Patrocínio, no cerrado de Minas Gerais, não foi tão severa como em outras partes do estado, mas afetou o potencial desta safra e também o do próximo ano.

A companhia, que fornece grãos para a Nespresso e para a italiana Illycaffe deve colher 95 mil sacas de café em 2014, contra as 108 mil sacas de 2013. Contudo, as amplas chuvas registradas em dezembro e o sistema de irrigação que abrange 70% da área de cultivo mitigaram os efeitos da estiagem. A companhia cultiva café há 42 anos, e já colheu cerca de 30% da safra 2014. As informações partem da Bloomberg.

Agência Safras
Fábio Rübenich

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *