illycaffè revela os 50 finalistas do Prêmio Ernesto Illy de Qualidade

Imprimir

A illycaffè acaba de divulgar os 50 finalistas do 20º Prêmio Ernesto Illy de Qualidade do Café para Espresso, que vai distribuir cerca de R$ 180 mil em prêmios aos melhores produtores e classificadores do país. Mais uma vez, o destaque fica para Minas Gerais, que conquista 47 posições na lista com os melhores cafés brasileiros da safra 2010/2011. Nesta edição, São Paulo conquistou as outras três posições.

Umas das mais bem-sucedidas iniciativas da illycaffè, o concurso visa à valorização de centenas de fornecedores brasileiros, que produzem os grãos que compõem o blend illy, único em todo o mundo há 76 anos.

Neste ano, a Porto de Santos/ illycaffè, empresa responsável pelo recebimento das amostras para o prêmio e pela compra e exportação dos grãos brasileiros à illycaffè, recebeu amostras vindas de diferentes estados do Brasil: Minas Gerais, São Paulo, Paraná, Bahia, Goiás, Espírito Santo e Rio de Janeiro.

A análise e classificação dos melhores cafés são realizadas pela Assicafé – laboratório científico que presta serviço exclusivo à marca no Brasil – empregando as mais avançadas técnicas de seleção. A escolha dos melhores cafés é feita por uma comissão julgadora, com especialistas internacionais, por meio de testes com equipamento de luz ultravioleta e pela classificação do grão quanto ao aspecto, seca, cor, tipo, teor de umidade, torração e qualidade da bebida com degustação para espresso.

Em sua 20ª edição, o prêmio da illycaffè consagra uma parceria da torrefadora italiana com os produtores brasileiros, que já rendeu mais de US$ 2 milhões distribuídos desde 1991. A expectativa é grande para conhecer os dez primeiros colocados, que serão revelados na famosa cerimônia de premiação, que acontece em março de 2011.

Em reconhecimento à qualidade do que produzem, os 10 melhores cafeicultores recebem, respectivamente, R$ 50 mil, R$ 35 mil, R$ 18 mil, R$ 9 mil, R$ 5 mil e, do sexto ao décimo lugares, R$ 2 mil. Todos os demais finalistas recebem R$ 1,2 mil.

Além dos produtores, o concurso premiará cinco classificadores: o primeiro colocado ganha R$ 3,5 mil; o segundo, R$ 2,5 mil; o terceiro, R$ 1,5 mil; o quarto, R$ 1 mil e o quinto colocado, R$ 1 mil.

Dando continuidade, a premiação entregará o Diploma de Reconhecimento às Melhores Práticas e Sustentabilidade, para a propriedade mais comprometida com a sustentabilidade no trabalho com o café. Na mesma noite, será anunciado o Fornecedor do Ano safra 2010/2011 e concedido o Diploma de Reconhecimento aos Agentes dos classificadores vencedores, pelo apoio aos produtores durante a safra e pela propagação do conceito do café de alta qualidade no Brasil.

20º Prêmio Ernesto Illy de Qualidade do Café para Espresso

Ao longo de seus 20 anos de Brasil, a illycaffè conquistou a qualidade de que precisava e pôde ver o crescimento dos cafeicultores que apostaram no que hoje é uma realidade. A trajetória no país, que começou em 1991, teve como passo principal o investimento na qualidade do café que, na época, era vendido apenas como commodity, pouco valorizado e inferior.

A chegada da empresa ao Brasil marcou um novo rumo para a cafeicultura acostumada a fazer quantidade. As visitas realizadas pelo Dr. Ernesto Illy, pelo interior do país, provou aos cafeicultores que existia um mercado disposto a comprar e pagar mais por um produto superior.

Adotar a qualidade na década de 90, quando o governo deixava de regulamentar a produção, foi a saída para muitos cafeicultores que se viram sozinhos para comercializar o café brasileiro. A presença e o incentivo da illycaffè fortaleceram novamente a cadeia produtiva, oferecendo ferramentas e mecanismos para desenvolver esse tipo de produção.

O grão brasileiro – conhecido apenas como ‘Santos 4’, local por onde escoava o café brasileiro no Porto de Santos – viu um horizonte de oportunidades se abrir: o mundo queria café de qualidade! Além de investir em conhecimento em torno do melhor grão, a illycaffè optou por reconhecer o árduo trabalho dos produtores que abraçaram seus princípios de qualidade e sustentabilidade.

Há exatos 20 anos, nascia aquele que seria conhecido como um dos mais importantes prêmios de qualidade do Brasil: o ‘Prêmio Brasil de Qualidade do Café para ‘Espresso’ consagra uma parceria com os produtores brasileiros, que já rendeu mais de US$2 milhões para mais de mil cafeicultores espalhados pelo Brasil.

Fonte: Assessoria de Imprensa da illycaffè

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *