IBGE aponta safra 2019 de café em 52,1 milhões de sacas

Imprimir
O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou, hoje (8), a atualização da sua estimativa para a safra 2019 de café no Brasil. A instituição apontou a produção total em 3,1 milhões de toneladas, ou 52,1 milhões de sacas de 60 kg, volume que implica redução de 13,1% em relação a 2018 e de 1% frente ao seu prognóstico feito um mês atrás.

Para o café arábica, a produção estimada foi de 2,2 milhões de toneladas, ou 36,7 milhões de sacas, com declínio de 1,4% frente ao mês anterior. “Em relação a 2018, a produção do café arábica recuou 18,2%, o que é esperado em um `ano de baixa´, devido à bienalidade característica da espécie”, explica o IBGE.

“Em Minas Gerais, na passagem de junho para julho, a estimativa da produção declinou 1,7%, com a produção devendo alcançar 1.563,8 mil toneladas, contra 1.590,6 mil toneladas do mês anterior, declínio de 26,8 mil toneladas ou 445,8 mil sacas de 60 kg. No Paraná, a estimativa da produção também apresentou declínio, de 5,8%”, revela o IBGE.

Para o café canephora, mais conhecido como conilon, a produção estimada de 920,3 mil toneladas, ou 15,3 milhões de sacas, praticamente não variou. “A estimativa da produção capixaba foi de 632,3 mil toneladas, ou 10,5 milhões de sacas. O Estado é responsável por 68,7% da produção nacional desse tipo de café”, conclui o Instituto.

Paulo André C. Kawasaki
P1 / Ascom CNC

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *