Guaxupé de luto: morre Olavo Barbosa, o rei do leite

Imprimir

Morreu na tarde de sábado (29), em São Paulo, o pecuarista Orostrato Olavo Silva Barbosa, precursor do agronegócio do leite no Brasil e proprietário do leite Fazenda. Ele era mineiro de Guaxupé (MG) e tinha 88 anos. Ele era proprietário da Fazenda Bela Vista, em Tapiratiba (SP), que abastece o maior mercado consumidor de leite do país, na divisa com o município onde nasceu.

Filho de fazendeiro, Olavo Barbosa começou plantando café em 1940, na Companhia Brasileira de Café, e dez anos depois construiu o seu primeiro armazém. Em 1960, comprou sua primeira fazenda. Era considerado o “rei do leite”, devido às premiações que recebeu anualmente.

Em 2011, ele recebeu "Balde de Ouro", prêmio concedido ao maior e melhor produtor de leite do país na na Feira Internacional da Cadeia Produtiva do Leite (Feileite). Um dos precursores do agronegócio no Brasil, sua propriedade ocupa terras dos dois estados, produzindo 65 mil litros de leite por dia.

Em dezembro de 2010, a revista Globo Rural deu uma reportagem de capa com Olavo Barbosa e eu, que o conhecia há décadas, fui o autor da matéria. Sua fazenda, localizada em Tapiratiba (SP), foi uma das precursoras do agronegócio no país, produzia então 65 mil litros de leite por dia e tinha acabado de ganhar o prêmio Balde de Ouro da pecuária. Na ocasião, seu Olavo me disse que a intenção era elevar esse volume para 90 mil litros por dia.

Ele trabalhava com o leite há mais de 70 anos e confessou que também era apaixonado pelo café, como bom mineiro da cidade de Guaxupé, onde nasceu, e que fica na fronteira com São Paulo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *