Governo Federal investe na compra de café da agricultura familiar

Imprimir

O Governo Federal aprovou a compra de 25 mil sacas de café no Espírito Santo. O investimento de R$ 7,5 milhões alcançará diretamente 1,4 mil produtores, de cinco cooperativas de agricultores familiares do estado. A compra faz parte de ações para melhorar as condições da cafeicultura no País. Em todo o Brasil, o investimento será de R$ 20 milhões para a compra de cerca de 70 mil sacas de café. Serão beneficiados 3,5 mil produtores em cinco estados – Bahia, Espírito Santo, Minas Gerais, São Paulo e Paraná.

Só no Espírito Santo, o grão é uma importante fonte de renda para cerca de 40 mil famílias. “O café é uma cultura que emprega muitas pessoas. A gente espera que, com essa iniciativa, o mercado reaja, melhorando os preços de venda para outras famílias”, explica o delegado federal do MDA no estado, Josean de Castro.

Entre as cooperativas que participam da venda, está a Cooperativa de Cafeiculturas das Montanhas do Espírito Santo – Pronova. Dos 200 associados, cerca de 66% são produtores familiares e serão beneficiados pela ação. A estimativa é que sejam vendidos R$ 660 mil para o Governo Federal. “Essa é uma iniciativa muito esperada pelos produtores que conseguirão comercializar o produto acima do preço de mercado e não terão prejuízo na safra”, pontua o presidente da Pronova, Pedro Carnierli.

A entrega da mercadoria está prevista para a segunda quinzena de janeiro de 2014. Além da compra direta da agricultura familiar, o Governo Federal investiu na aquisição de café de médios e grandes produtores, além de prorrogar o pagamento de dívidas de custeio e investimento para o cultivo de café arábica.

Fonte: Portal do Ministério do Desenvolvimento Agrário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *