Governo de Minas convoca entidades para a 1ª Feira Internacional do Café

Imprimir

A 1ª Feira Internacional do Café, que será realizada em Belo Horizonte no período de 9 a 13 de setembro de 2013, paralelamente à reunião dos 50 anos de criação da Organização Internacional do Café (OIC), vai mostrar o potencial da cafeicultura de Minas e do Brasil para delegações de 77 países. O secretário de Agricultura, Pecuária e Abastecimento de Minas Gerais, Elmiro Nascimento, disse nesta terça-feira (13) a representantes das cooperativas de café e entidades ligadas ao agronegócio, que a sua participação e o apoio das entidades nacionais do setor serão fundamentais para o sucesso da mostra e da reunião da OIC.

De acordo com o secretário, a feira vai expor a diversidade da produção cafeeira do Estado, com informações sobre os aspectos econômicos e sociais do setor, a utilização de tecnologia e o trabalho permanente para a adoção de boas práticas recomendadas para a obtenção da oferta sustentável de cafés de qualidade. Além da apresentação de máquinas e equipamentos, serão realizadas jornadas de conhecimento sobre a história do café em Minas e o desenvolvimento do produto diante da demanda mundial, cada vez mais exigente.

Nascimento informou que existe também a proposta de inclusão no programa de visitas de produtores e importadores de café às regiões produtoras do Estado, responsáveis neste ano por cerca de 26 milhões de sacas do produto. “Vamos mostrar a força do café de Minas, que é devida principalmente à atenção do governo do Estado ao setor, sobretudo atualmente por intermédio do Certifica Minas, programa de certificação das propriedades cafeeiras, que em 2012 alcançará a meta de 1.650 fazendas certificadas (aumento de 13,5% em relação a 2011), portanto ajustadas às exigências para a produção de alta qualidade”.

Entre as entidades presentes na reunião, realizada no Palácio Tiradentes (Cidade Administrativa) estavam as seguintes: Federação da Agricultura de Minas Gerais (Faemg), Federação dos Trabalhadores na Agricultura de Minas Gerais (Fetaemg), Conselho Nacional do Café (CNC) e Confederação Nacional da Agricultura (CNA), Organização das Cooperativas do Estado de Minas Gerais (Ocemg) e Sebrae-MG.

Fonte: Agência Minas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *