Governador do ES visita novo armazém de café da Olam Coffee no Caparaó

Imprimir
Pouca gente sabe, mas a multinacional Olam Coffee, que tem sede em Singapura (na Ásia) e atua em agronegócio em mais de 70 países do mundo, também está presente no Espírito Santo, com um armazém em Nova Venécia, na Região Noroeste, e outro em Muniz Freire, no Caparaó. As duas unidades, juntas, geram em torno de 100 empregos diretos. Na tarde desta quinta-feira (11), o governador Paulo Hartung conheceu as instalações da unidade de Muniz Freire.

Durante a visita, Paulo Hartung destacou os impactos sociais e econômicos da Olam Coffee em terras capixabas. “É uma empresa presente quase no país inteiro, e que também está em nosso Estado. Isso simboliza um passo importante com grande investimento e geração de empregos. Também tem a realização de todo um trabalho de comercialização e preparação dos cafés da região para serem vendidos para o Brasil e o mundo”, destacou.

Exportação de café

A Olam Coffee opera no Espírito Santo desde 2005, trabalhando com a exportação de todas as qualidades de café. Em 2012, abriu um armazém próprio em Nova Venécia, com foco na comercialização de Conilon. Já a unidade de Muniz Freire, inaugurada este ano, é voltada para a exportação de café Arábica. O armazém tem, ao todo, 47 mil metros quadrados de área, sendo 11,2 mil metros quadrados de área construída.

Para o secretário de Estado de Desenvolvimento, José Eduardo Azevedo, atrair empresas desse porte é um sinal de que o Espírito Santo está no caminho certo, quando o assunto é manter um ambiente de negócios atrativo em vários segmentos.

“A Olam é uma multinacional com ramificações em vários países do mundo e ver uma empresa como essa investindo no Estado gera uma expectativa positiva, inclusive para novos investimentos no futuro”, destacou o secretário.

Fonte: Assessoria de Comunicação do Governo do Espírito Santo (Com fotos de Leonardo Duarte)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *