Fundação Neumann participa da sétima edição do Coffee Dinner e Coffee Summit

Imprimir
A 7ª edição do Forum & Coffee Dinner, que a partir deste ano passou a ser chamado de Coffee Dinner & Coffee Summit, é um evento realizado pelo Conselho dos Exportadores de Café do Brasil – CECAFÉ na cidade de São Paulo, em intervalo de dois anos. O evento com o tema: Brasil – “O seu parceiro no agronegócio mundial do café!”, realizado nos dias 08 e 09 de Junho de 2017 analisou o cenário cafeeiro nacional e internacional através do desenvolvimento de três painéis, sendo eles: Painel 1: Perspectivas macroeconômicas onde se debateu os cenários de desenvolvimento do Brasil prospectados para os próximos anos pela Sra. Fabiana D’Atri – economista chefe do departamento de pesquisas e estudos econômicos do Bradesco.

O painel 2: Desafios do abastecimento mundial do café desenvolvido através de três palestras se avaliou a: (a) competitividade com sustentabilidade que abordou os elementos bases para o desenvolvimento de um processo de sustentabilidade com competitividade e eficiência na produção, (b) A atribuição, ocupação e usos das terras no Brasil que levou a todos os participantes a refletir com maior profundidade sobre os gargalos e desafios que atualmente no Brasil se enfrenta em relação ao trinômio: Atribuição, ocupação e uso das terras no Brasil em relação a outros países e (c) Fluxo do comércio mundial de café onde o Secretário Executivo da Organização Internacional do Café (OIC) nos trouxe números e análises das dinâmicas do fluxo da cafeicultura mundial nos últimos dez anos.

No último painel, painel 3: Fluxo do consumo mundial de café foram analisados o consumo mundial através da palestra proferida pela Sra. Lara Brans, presidente da JDE no Brasil e a oferta e demanda mundial através da palestra apresentada pelo Sr. Rodrigo Costa, diretor de commodities da Comexim USA.

A Fundação Hanns R. Neumann Stiftung do Brasil esteve representada no evento pelo seu diretor geral, Sr. Elio Cruz de Brito. Para o executivo da Fundação, o evento se reflete em um momento impar do setor cafeeiro por reunir grande gama da comunidade cafeeira, como exportadores, produtores, cooperativas, industriais, importadores de café, as entidades que se relacionam com o agronegócio do café, além de instituições financeiras, indústrias agropecuárias, empresas de navegação, corretoras, transportes etc. Juntos, esses atores tem a possibilidade de debater e analisar os cenários da cafeicultura nacional e mundial e possibilitar que as instituições participantes ampliem suas redes de contatos e fomentem potenciais parcerias.

O Sr. Elio Cruz relata ainda que o evento mostrou que o café continua sendo o negócio do futuro, com imenso potencial de crescimento dependendo dos conceitos e abordagens adotados. Todavia, ainda há a necessidade de ampliar e fortalecer as convergências entre os diferentes elos e parceiros do setor, através de parcerias público-privadas e/ou outros formatos de parcerias para que este segmento possa aumentar sua capacidade de replicar em escala no Brasil e no mundo a sustentabilidade alcançada por algumas regiões produtoras em nosso próprio país.

Fonte: Fundação Hanns R. Neumann Stiftung

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *