Fórum Mundial de Produtores de Café ocorre em julho, no Brasil

Imprimir
Foi aberto, em 1º de março, o segundo lote para compra de ingressos ao II Fórum Mundial de Produtores de Café, que é uma realização do Conselho Nacional do Café (CNC), da Cooperativa dos Cafeicultores da Zona de Varginha (Minasul) e da Associação Brasileira de Cafés Especiais (BSCA). A compra deve ser feita diretamente no site do evento.

A primeira edição do Fórum foi realizada em 2017, em Medellín, na Colômbia. Desde então, o evento se transformou em um ambiente de discussão, com agenda preparada pelos cafeicultores, a fim de se alcançarem os caminhos mais sustentáveis para a atividade cafeeira global.

Em meio a uma realidade de grandes desafios, como a sustentabilidade econômica dos produtores, os níveis de produtividade das lavouras, a volatilidade do preço nos mercados internacionais, o aumento de demanda e as adversidades climáticas, as nações cafeeiras debaterão temas de interesse comum, como a renda dos cafeicultores, as questões socioambientais, clima e a sustentabilidade econômica, entre outros.

A primeira edição na Colômbia despertou a conscientização e o interesse de todas as partes interessadas em garantir a sustentabilidade econômica dos produtores de café em todo o mundo e encontrar maneiras de ter uma cadeia de valor sustentável, da fazenda à xícara. Agora, o segundo Fórum levará esse diálogo ao próximo nível.

Nesta edição de 2019, o professor Jeffrey Sachs apresentará o estudo sobre “Análise Econômica e Política para Melhorar os Rendimentos dos Pequenos Produtores de Café”, encomendado pelo Fórum e dirigido por ele com o Centro de Desenvolvimento Sustentável de Columbia. Também estão confirmadas palestras do presidente do Conselho Nacional do Café (CNC), Silas Brasileiro, e da diretora da Associação Brasileira de Cafés Especiais (BSCA), Vanusia Nogueira, além de outras autoridades da cafeicultura mundial.

Em três painéis a serem realizados na segunda edição, as nações cafeeiras mundiais debaterão temas como “O mercado como instrumento para proteger a renda dos produtores”; “Formulação do preço do café: Transparência do grão à xícara”; e “Promover e aumentar o consumo – Brasil como referência para outros países produtores”.

Os representantes dos países cafeeiros manterão seus esforços e analisarão quais as ações são necessárias para solucionar cenários que comprometam a oferta futura de café. Nesse contexto, é válido que todos os elos da cadeia produtiva se encontrem no evento para atuarem de maneira conjunta e corresponsável.

SERVIÇO
2º Fórum Mundial de Produtores de Café
Data: 10 e 11 de julho de 2019
Local: Royal Palm Plaza, Jardim Nova Califórnia, em Campinas (SP)
Mais informações: https://www.worldcoffeeproducersforum.com.br/

Fonte: P1 / Ascom CNC

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *