Festival no Centro Histórico fará Santos virar a capital do café

Imprimir

Foi iniciada a contagem regressiva para o I Festival Santos Café, que a partir do dia 9 de julho vai transformar a cidade na capital do Café do Brasil. Até 12 de julho, durante todo feriado prolongado em comemoração à Revolução Constitucionalista de 1932, serão realizadas várias atividades culturais, gastronômicas, lúdicas, interativas e de lazer realizadas no Centro Histórico.

A programação, gratuita e voltada para o público de todas as idades, ocupará o Boulevard da Rua XV, Praça Mauá, museus do Café e Pelé, o edifício da Construtora Phoenix, Estação do Valongo e a Casa da Frontaria Azulejada, sempre das 10 às 21h, de quinta-feira a sábado, e até às 17h no domingo.

Esses locais receberão sinalização especial do evento, com banners e bandeirinhas, assim como os 10 restaurantes do Centro Histórico que vão abrir para o almoço e prepararão sobremesas especiais à base de café: Allegra Café, Almoço, Atami, Bodegaia, Café Mauá, Estação Bistrô Restaurante-escola, Jamblam, Largo do Café, Porto Brasil e Tasca do Porto.

No Museu do Café, terá cursos, contação de histórias e visitas monitoradas

Além do Bonde Café e do Bonde Brincar, a Secretaria de Turismo promoverá walking tours, passeios de 40 minutos com monitoria de guias de turismo, que relembrarão importantes prédios e aspectos históricos do grão que inseriu Santos no cenário econômico mundial.

Já a Casa da Frontaria Azulejada será transformada em um espaço artístico diferenciado. Dentre os vários artistas que apresentarão seus trabalhos inspirados no café e na atrações santistas, o caricaturista Cléber Nunes produzirá, ao vivo, retratos e estilizações utilizando café como tinta.

Locais e atrações
Boulevard da Rua XV – corredor cultural do evento e palco das principais atrações musicais, apresentará artistas locais e de projeção nacional interpretando blues, MPB, jazz, samba, choro e bossa nova.

Museu do Café (R. XV de Novembro, 95) – Cursos de café expresso e de Latter Art (desenhos com leite em bebidas à base de espresso) para adultos, e contação de histórias e curso de minibarista para os pequenos. Durante os quatro dias do festival, haverá também visitas monitoradas.

Museu Pelé (Largo Marquês de Monte Alegre, 1) – Oficinas gastronômicas com chefs de cozinha e baristas, apresentando diversas técnicas para o preparo de receitas à base de café, e oficinas literárias.

Casa de Frontaria Azulejada (R. do Comércio, 93) – 28 artesãos, artistas plásticos, joalheiros, antiquários e designers exporão trabalhos enfocando o café e as belezas de Santos.

Estação do Valongo (Largo Marquês de Monte Alegre) – Transformada em Espaço Kids, contará com brinquedos, maquiagem infantil e brincadeiras.

Construtora Phoenix (R. XV de Novembro, 141) – Abrigará a exposição fotográfica "Do café ao cafezinho"

Fonte: A Tribuna Online

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *