Ferrugem do café se espalha para o México e atinge região de Chiapas

Imprimir

O fungo conhecido como roya e causador da ferrugem no café se espalhou da América Central para o México e está danificando plantas no importante Estado cafeeiro de Chiapas, anunciou na segunda-feira (26) o presidente da Associação Mexicana para a Produção de Café, Rodolfo Trampe.

Segundo ele, o impacto da doença nas lavouras ainda está sendo estudado e a associação ainda não tem estimativas de safra para a temporada 2012/13, que começou em 1º de outubro. O roya não deve afetar a produção deste ano safra porque os seus efeitos sobre a produtividade costumam ocorrer no longo prazo. O fungo faz com que as folhas dos pés de café caiam, reduzindo o rendimento das cerejas uma ou duas temporadas depois do ataque. As regiões produtoras do país também não sofreram, até o momento, ocorrências de clima desfavorável capazes de danificar a produção, acrescentou Trampe.

O ciclo 2012/13 de café no México se iniciou em outubro de 2012 e vai até setembro de 2013. Na temporada anterior, o México produziu 4,3 milhões de sacas de 60 kg de café. Chiapas representa quase um terço da produção do país. As informações são da Dow Jones.

Fonte: Agência Estado

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *