Feriado deve ser de tempo seco no interior do país

Imprimir

Uma frente fria deixa o dia chuvoso na região Sul do país nesta terça-feira (6), mas diversas áreas do país ainda sofrem com a baixa umidade relativa do ar, situação que deve permanecer no feriado desta quarta-feira (7), segundo informações do Centro de Previsão do Tempo e Estudos Climáticos (Cptec/Inpe).

No interior do país, a umidade relativa do ar ficará abaixo dos 30%, índice considerado estado de atenção. O tempo deve ficar seco nesta terça em áreas de Mato Grosso (exceto a oeste), sul e sudeste do Pará, Tocantins, sul do Maranhão, Piauí, oeste da Bahia, Minas Gerais, norte de São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Mato Grosso do Sul, Goiás e Distrito Federal. A situação melhora no sul e leste de São Paulo, incluindo a capital paulista.

Pode chover forte entre o norte do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, centro-sul do Paraná e o sul de São Paulo. O dia será de sol e pancadas de chuva em grande parte da região Norte (exceto Tocantins e sudeste do Pará). Também pode chover no litoral da Bahia até o litoral do Rio Grande do Norte. No norte e leste da região Nordeste, o sol aparecerá entre nuvens.

Na quarta-feira (7), a umidade relativa do ar ficará abaixo de 30% em áreas de Mato Grosso, sul e sudeste do Pará, Tocantins, sul do Maranhão, sul do Piauí, oeste da Bahia, grande parte de Minas Gerais, norte de São Paulo, áreas serranas do Rio de Janeiro, Espírito Santo e Mato Grosso do Sul.

Cuidados no tempo seco

O Ministério da Saúde divulgou nesta semana uma série de medidas para amenizar os efeitos do tempo seco à saúde em razão da previsão de umidade baixa. A principal é consumir até quatro litros diários de líquidos por dia. O ideal é tomar bastante água.

Além do ressecamento da pele, lábios rachados, olhos irritados e sangramento nasal, problemas mais sérios podem ocorrer, como a desidratação e o agravamento de enfermidades, principalmente em idosos.

O uso de vaporizadores, umidificadores, toalhas molhadas e baldes com água são indicados para se elevar a umidade nos ambientes. Durante o período mais quente do dia, das 10h às 15h, deve-se evitar a prática de exercícios físicos, principalmente os aeróbicos, que demandam um maior consumo de oxigênio, elevam a temperatura do organismo e aceleram a perda de líquidos.

Para as crianças, a recomendação também é beber bastante líquido, pelo menos dois litros ao dia, para evitar o sangramento nasal, comum no tempo seco. Além disso, é preciso checar se a criança está urinando normalmente e se a cor da urina não está muito escura.

Fonte: G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *