Fazenda Daterra promoverá 5º leilão online no dia 21 de novembro

Imprimir
No dia 21 de novembro, a Daterra, fazenda sustentável de cafés especiais, promoverá seu quinto leilão online. A disputa pelos 29 micro e nano lotes de alta qualidade tem tudo para atrair compradores do mundo todo. Para este ano, a empresa escolheu como tema da competição o Folclore Brasileiro. Abaixo, confira o primeiro vídeo de divulgação da ação:


   Foto: Divulgação

De acordo com o gerente de marketing e vendas da Daterra, Gabriel Agreli Moreira, há centenas de anos os indígenas brasileiros encontram maneiras criativas de interpretar e explicar o funcionamento da natureza. E foram as histórias e os personagens da mitologia nacional que inspiraram a fazenda a batizar os cafés de 2017.

“Ao cultivar um café sustentável e de alta qualidade, a criatividade também se torna parte fundamental do processo. Realizamos mais de 100 testes durante a colheita, que vão desde técnicas de fermentação até secagem e processamento. Como resultado, produzimos cafés exclusivos, cheios de textura e sabores exóticos, diversos e intrigantes, assim como o Brasil”, disse Moreira.

Na edição de 2016, o grande destaque foi o nano lote batizado de Maria, em homenagem às trabalhadoras do campo: teve a saca vendida por mais de R$26.000,00, batendo o recorde brasileiro. Foram disponibilizadas menos de duas sacas do café, garantindo uma disputa acirrada. O lote recebeu mais de 500 lances e foi arrematado por compradores da Argentina e Espanha. Para efeitos comparativos, uma saca de café especial brasileiro geralmente custa, em média, R$620,00.

Sobre a Daterra

Localizada em Patrocínio, no Cerrado Mineiro, a Daterra foi eleita em 2015 a fazenda mais sustentável do Brasil pela Revista Globo Rural. Recentemente, também adicionou às suas certificações o selo Sistema B, que reconhece empresas empenhadas em realizar transformações sociais e ambientais, garantindo a valorização do trabalhador e do meio ambiente.

São 6 mil hectares, dos quais 2,8 se dedicam a produção de diversas variedades de café arábica tipo exportação e os demais são conservados. Possui outras cinco certificações socioambientais – RainForest, UTZ Certified, Esalq Ambiental, IBD e ISO 14001.

Da redação do Café Point

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *