Fase final do Cup of Excellence avalia cafés brasileiros

Imprimir
O Cup of Excellence, principal concurso de qualidade de café do mundo, terá sua etapa internacional em Guaxupé, no Sul de Minas Gerais. Nesta fase do certame, produtores brasileiros terão seus cafés avaliados por 28 juízes de países como Estados Unidos, Japão, China, Bulgária, Rússia, Austrália, Índia e Alemanha.

Os grãos especiais brasileiros começam a ser avaliados no dia 17 de outubro e, no dia 21, serão anunciados os vencedores de duas categorias. Quem recebe o evento é a Cooxupé, maior cooperativa de cafés do mundo, e a SMC – Specialty Coffees, empresa controlada pela cooperativa. O evento é realizado pela Associação Brasileira de Cafés Especiais (BSCA) em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) e a Alliance for Coffee Excellence (ACE).

O Cup of Excellence avalia os grãos de café arábica naturais, Naturals (sistema de preparo em via seca), e os cerejas descascados/despolpados, Pulped Naturals (preparados pelo sistema em via úmida). Na pré-seleção, foram selecionados 300 produtores nas duas categorias (Naturals / Pulped Naturals).

Agora, 80 cafés de cada categoria estão sendo avaliados em fase nacional, que acontece em Varginha (MG). Destes, apenas 40 amostras do Natural e 40 do Cereja Descascado seguem para a fase internacional. Os vencedores nacionais e internacionais poderão participar de leilões organizados pela ACE, com o apoio da BSCA, pela internet.

Em 2017, os cafés brasileiros receberam lances de diversas empresas estrangeiras, de países como Alemanha, Arábia Saudita e Austrália. O café campeão da última edição do concurso bateu recorde mundial no leilão dos vencedores. O produtor de Patrocínio (MG), Gabriel Alves Nunes, venceu o Cup of Excellence – Brazil 2017 na categoria Pulped Naturals, e recebeu o lance de US$ 130,20 por libra peso, o que equivale a mais de US$ 17,2 mil por saca de 60 kg, ou aproximadamente R$ 55,5 mil por saca.

Os critérios para os grãos que concorrem ao Cup of Excellence são ter tamanhos peneira 16 acima ou 17 acima. O teor de umidade máximo aceitável pelo concurso é entre 11% e 12%. Já sobre a pontuação, a média mínima para a fase nacional é de 84.0 até 85.9; e na fase internacional os vencedores tem média mínima de 86 pontos ou mais.

Fonte: Agência de Notícias Brasil-Árabe – ANBA (Por Thaís Sousa)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *