Exportações de café caem em março e acumulam marca negativa no ano

Imprimir
As exportações de café caíram 12,7% em março, quando foram embarcadas 2.707.607 sacas do produto, na comparação com o mesmo período do ano passado, aponta balanço do Conselho dos Exportadores de Café do Brasil (Cecafé), divulgado nesta terça-feira (11). Por sua vez, a receita cambial ficou em US$ 473,4 milhões, com o preço médio da saca em US$ 174,85, aumento de 4,5% e 19,8%, respectivamente frente março de 2016.
Brasil exportou 2,7 milhões de sacas de café em março

Segundo o Cecafé, os cafés verdes alcançaram um total de 2.363.384 sacas exportadas, sendo 2.342.758 de arábica e 20.626 de robusta. O total do café industrializado ficou em 344.223 sacas, avanço de 3,6% em relação a igual período do ano passado, sendo 343.278 sacas de solúvel e 945 sacas de torrado e moído.
No acumulado do ano safra 2016/17, as exportações brasileiras de café apresentaram queda de 7,9% na comparação com o mesmo período do ano anterior. A receita cambial entre julho-2016/março-2017, no entanto, totalizou aumento de 3,7%, com valor acima de US$ 4,4 bilhões.

No total do primeiro trimestre, os Estados Unidos recuperaram a primeira posição como o país que mais recebeu café exportado do Brasil, representando 19,4% dos embarques no período. A Alemanha aparece na sequência, com volume bem próximo, 19,3%. Itália, Japão e Bélgica também têm destaque no ranking, com 9,8%, 6,6% e 6,5%, respectivamente.

 

Fonte: DATAGRO via InfoMoney

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *